segunda-feira, 17 de julho de 2017

Ela é solteira sim- Felipe Taffarel


Talvez você não tenha notado, mas a menina de outrora cresceu. 
Ela já não é mais a mesma. 
Aprendeu errando, chorando, com a vida, com o tempo. 
Não enrijeceu os sentimentos, apenas amadureceu emocionalmente e soube se reinventar.

Seu corpo minuciosamente desenhado e seus traços delicados são alguns dos encantadores detalhes dessa mulher de personalidade forte, guerreira, intensa e com uma vontade imensa de ser feliz.

Ela tem alma.

Não tente encaixá-la em padrões, rotular ou, então, julgar suas atitudes emotivas, racionais ou malucas. 
Ela é uma peça rara, única. Inteligente e independente, transmite no olhar uma liberdade tão gostosa e, ao mesmo tempo, desafiadora.

Não saia por aí difamando, vomitando inverdades, dizendo que ela está solteira porque não vale nada. Isso só comprova o motivo dela não ter te escolhido. É que você é um babaca! E contra esse tipo de cara, meu amigo, ela está vacinada.

Ela é solteira.

Por vontade própria. Não, ela não quer (e não vai) namorar por imposição. Cansada de perder tempo com quem não merece, ela não tem mais pressa. Está é feliz. Ora ocupada perseguindo seus sonhos, ora esparramada no sofá assistindo um filme qualquer.

Ela é solteira, sim.

Porque escolheu ser. Não, ela não quer (e não vai) se jogar num relacionamento mais ou menos. O tedioso causa enjoo, desespero e calafrio. 
Ela quer algo intenso e recíproco. 
Que venha um cara decidido, sem dúvidas, que apoie, conforte e saiba conversar.

Ela é solteira, sim, mas não desistiu do amor.

Só não está mais procurando. 
Aprendeu que não adianta caçar ou forçar situações. 
Entendeu que as coisas vão acontecer quando tiver que acontecer, então, segue vivendo e sorrindo, pois sabe que - daqui algum tempo ou, talvez, hoje mesmo - o amor acontecerá.

E, então, o amor será rotina...


17 comentários:

Lucimar da Silva Moreira disse...

Tudo tem os seu tempo, o melhor é fazer as coisas de solteiro em quanto o amor não chega, Bell bjs
http://www.lucimarmoreira.com/

Carmen Lúcia.Prazer de Escrever disse...

Hummm será quanto tempo essa menina linda ficará solteira!
Adorei Bell.
Bjs,obrigada pela visita e uma ótima semana.
Carmen Lúcia.

Mirtes Stolze. disse...

Boa tarde Bell
Quando o amor surgir ela deixa de ser solteira. Afinal namorar por namorar não tem graça alguma. A primeira pessoa que se deve amar e a nós mesmas, quem se ama , se valoriza e tem alta estima, assim sendo sabe ficar solteira, sem nenhuma paranoia, e ainda aproveita da vida de solteira rsrs. Uma linda semana. Beijos.

Ivone disse...

Boa escolha do texto, Felipe Taffarel tocou em um assunto polêmico, mas ficou muito bom!
Abraços amiga Bell!

Pathy Guarnieri disse...

Adorei o texto dele! ^^

Beijo!
Cores do Vício

Elvira Carvalho disse...

Muito bonito.
Um abraço

Cida Kuntze disse...

Oi Bell!
Como diz Eclesiastes: "Há tempo pra todas as coisas..."
Que o tempo de ser solteira seja bem aproveitado por aqueles que estão assim, até o amor verdadeiro chegar.
Beijos minha flor.

Cidália Ferreira disse...

Belo texto!!

Beijos
Boa semana.

Janaína Santos disse...

Que ótimo texto gostei.
Beijos
Jana Makes Esmaltes e Cia
Instagram
Facebook

Anete disse...

Um texto interessante e romântico... O amor verdadeiro requer compromisso e companheirismo... É preciso maturidade para abraçar um relacionamento duradouro.

Um bj e boa semana

Isa Sá disse...

Solteira ou casada...que a vida te sorria sempre...

Isabel Sá
Brilhos da Moda

Francisco Manuel Carrajola Oliveira disse...

Gostei bastante do texto.
Um abraço e boa semana.

Andarilhar
Dedais de Francisco e Idalisa
O prazer dos livros

Gessica Morais disse...

Adorei o texto!

Beijo
;)
Blog| Instagram| Canal no Youtube|

Lucinalva disse...

Olá Bell
Tudo tem seu tempo, bom é esperar em Deus. Bjs querida.

Célia Rangel disse...

Essa é uma espera que chega quando nem pensamos... E, olha que se estamos felizes interiormente, sem egoísmos, vale cada minuto vivido e desfrutado em nossa companhia.
Abraço.

Ana Freire disse...

Um texto lindíssimo, que adorei!
É verdade, tudo tem seu tempo... e ela... sabe apreciar a vida da melhor maneira... vivendo em função da sua felicidade... e não em função do preconceito e opinião de outros!
Belíssima partilha, Bell!
Beijinhos
Ana

Rita Norte disse...

Adorei este texto, Bell!
Quando não estamos apenas solteiras, mas somos solteiras o mundo sorri e nós retribuímos. Ser solteira pode ser tão ou mais maravilhoso do que namorar, disso eu não duvido! A felicidade não depende dos outros, depende de nós.
Beijinho